fbpx

A capa de Gal Costa censurada pelo regime militar

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email


A nossa Capa do Disco de hoje é a do “polêmico” Índia (1973), disco de Gal Costa com direção musical de Gilberto Gil. A capa foi censurada pelo regime militar por “ferir a moral e os bons costumes”.⠀

O close no quadril de Gal, vestindo apenas uma tanga vermelha e franjas de saia de palha, foi registrado pelo consagrado fotógrafo Antonio Guerreiro. O clique, que acabou sendo escolhido pra capa, aconteceu por acaso, durante um intervalo da sessão de fotos de divulgação do disco: “A gravadora queria a Gal na capa como uma índia. Nós, então, fomos para o Parque da Cidade, no Rio, e ela se vestiu com acessórios, cocares e adereços, mas completamente nua”, contou Guerreiro em uma entrevista ao Estadão em 2018. “No meio do resultado da sessão, apareceu essa foto e todo mundo ficou maravilhado. Foi escolhida para a capa por unanimidade”. ⠀

Na semana do lançamento do disco, Roberto Menescal, à época diretor da gravadora Polygram, foi intimado pela censura, que não liberaria o LP para a circulação por causa da capa e das outras fotos do encarte, em que Gal aparece de seio de fora. A saída de Menescal foi fazer uma capa com um plástico azul que encobrisse a original. Foi a primeira vez que um disco saiu com uma embalagem lacrada, o que despertou a curiosidade do público e impulsionou as vendas de Índia. ⠀

Além das fotos de Guerreiro, o projeto gráfico do disco foi executado por Edinízio Ribeiro, artista plástico tropicalista baiano que acabou ficando esquecido devido à sua misteriosa morte prematura, em 1977, aos 31 anos.

No interior do encarte, Edinízio trabalha com a poesia visual das canções gravadas por Gal, destacando as palavras “Sangue Tupi” e “Pique”, tiradas das canções “Índia” (J.A. Flores) e “Da Maior Importância” (Caetano Veloso). A proximidade de Edinízio com os músicos baianos resultou também em mais duas colaborações emblemáticas: os projetos gráficos de Expresso 2222, de Gil, e Drama, de Maria Bethânia.

Leia mais sobre outras capas de disco da música brasileira aqui.

+ comunicado importante

A hora do reencontro tá chegando! 🧡 Para que o nosso retorno aconteça da maneira mais segura possível, vamos precisar da colaboração de cada um de vocês. Somente com muito cuidado e responsabilidade coletiva, poderemos voltar a nos encontrar na música.

Venha pra Casa com seu comprovante de vacina atualizado e de máscara PFF2, N95 ou cirúrgica. Se estiver com sintomas, ainda que leves, perto da data do show, deixe pra vir nos visitar outro dia.

Seguindo as recomendações das autoridades de saúde, montamos um guia com os principais protocolos que usaremos para receber vocês nos shows na Casa a partir de 2 de fevereiro.

👉 PROTOCOLOS

1º) Comprovante de vacinação atualizado com no mínimo duas doses


Pode ser físico ou virtual. O importante é que esteja em dia. Se atente à data da sua 3ª dose no site www.vacinaja.sp.gov.br ou no canal de comunicação da prefeitura da sua cidade.

2º) Uso de máscara durante a permanência na Casa

Obrigatório. E a entrada só será permitida com máscaras N-95/PFF2 sem filtro ou máscaras cirúrgicas. Máscaras de pano, de plástico, bandanas e outros adereços semelhantes não serão aceitos.

*Importante: Por sermos um local majoritariamente fechado, a retirada da máscara só será permitida para o consumo pontual de bebidas. Não haverá comidinhas na Casa.

3º) Lotação reduzida

Estamos disponibilizando menos ingressos à venda, para aumentar o distanciamento social e garantir uma noite mais segura.

4°) Artistas e equipes previamente testades

E toda a equipe trabalhará com máscaras N-95/PFF2, com exceção des artistas que estarão se apresentando.

5°) Circulação reduzida nos bastidores

Somente as equipes autorizadas poderão circular nos bastidores da Casa.

Não se preocupe: Haverá pessoas instruindo e fiscalizando os protocolos durante a sua permanência na Casa.

Importante: Se você tiver ingresso e apresentar sintomas de COVID-19, ainda que leves, ou tiver tido contato recente com alguém que testou positivo próximo à data do show, orientamos a não comparecer e a contatar o nosso atendimento via e-mail para mais informações.

Cuidem-se!