fbpx

Do samba ao rap, ouça a playlist: Canto do Trabalhador

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
“Operários” (1933), Tarsila do Amaral

Neste dia 1° de maio, o Dia do Trabalhador, preparamos uma playlist inspirada na música “Canto do Trabalhador”, de João Nogueira, trazendo canções do samba, à MPB e ao rap sobre a realidade dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. Também inserimos músicas sobre trabalho de artistas latino-americanos, como a argentina Mercedes Sosa e o grupo cubano Buena Vista Social Club.

Abrimos a playlist com a música “Canto do Trabalhador”, de João Nogueira, composta em 1979, que fala sobre a força e a união dos trabalhadores para transformarem a sociedade. Na nossa seleção, você ouve também a clássica “Canto das Três Raças”, gravada por Clara Nunes em 1976, além da faixa “Cinco Cantos de Trabalho”, na voz de Clementina de Jesus, em que ela apresenta músicas criadas por Milton Nascimento, Fernando Brant, Cartola e cantos tradicionais do folclore brasileiro.

Tem espaço também para Leci Brandão, Luiz Gonzaga, Adoniran Barbosa, Elis Regina, Chico Buarque, Nara Leão, Elza Soares, Emicida, Racionais e muito mais.

A capa da playlist foi retirada do quadro “Operários”, pintado em 1933 por Tarsila do Amaral.

Ouça esta e outras playlists em nosso perfil, no seu streaming preferido:

Spotify | Deezer | YouTubeMusic

+ comunicado importante

A hora do reencontro tá chegando! 🧡 Para que o nosso retorno aconteça da maneira mais segura possível, vamos precisar da colaboração de cada um de vocês. Somente com muito cuidado e responsabilidade coletiva, poderemos voltar a nos encontrar na música.

Venha pra Casa com seu comprovante de vacina atualizado e de máscara PFF2, N95 ou cirúrgica. Se estiver com sintomas, ainda que leves, perto da data do show, deixe pra vir nos visitar outro dia.

Seguindo as recomendações das autoridades de saúde, montamos um guia com os principais protocolos que usaremos para receber vocês nos shows na Casa a partir de 2 de fevereiro.

👉 PROTOCOLOS

1º) Comprovante de vacinação atualizado com no mínimo duas doses


Pode ser físico ou virtual. O importante é que esteja em dia. Se atente à data da sua 3ª dose no site www.vacinaja.sp.gov.br ou no canal de comunicação da prefeitura da sua cidade.

2º) Uso de máscara durante a permanência na Casa

Obrigatório. E a entrada só será permitida com máscaras N-95/PFF2 sem filtro ou máscaras cirúrgicas. Máscaras de pano, de plástico, bandanas e outros adereços semelhantes não serão aceitos.

*Importante: Por sermos um local majoritariamente fechado, a retirada da máscara só será permitida para o consumo pontual de bebidas. Não haverá comidinhas na Casa.

3º) Lotação reduzida

Estamos disponibilizando menos ingressos à venda, para aumentar o distanciamento social e garantir uma noite mais segura.

4°) Artistas e equipes previamente testades

E toda a equipe trabalhará com máscaras N-95/PFF2, com exceção des artistas que estarão se apresentando.

5°) Circulação reduzida nos bastidores

Somente as equipes autorizadas poderão circular nos bastidores da Casa.

Não se preocupe: Haverá pessoas instruindo e fiscalizando os protocolos durante a sua permanência na Casa.

Importante: Se você tiver ingresso e apresentar sintomas de COVID-19, ainda que leves, ou tiver tido contato recente com alguém que testou positivo próximo à data do show, orientamos a não comparecer e a contatar o nosso atendimento via e-mail para mais informações.

Cuidem-se!