Russo Passapusso e Antônio Carlos & Jocafi

+ DJ Nyack
25.05 | quinta-feira
26.05 | sexta-feira

sobre o evento

Russo Passapusso e Antônio Carlos & Jocafi apresentam o show do álbum “Alto da Maravilha” (2022) na Casa Natura Musical. DJ Nyack estará no comando da nave para aquecer a pista com o seu set e pesquisa musical inconfundível.

Com canções inéditas, o álbum celebra a parceria entre os artistas baianos. Com produção musical de Curumin, Zé Nigro e Lucas Martins. A capa é de Ricardo H. Fernandes com ilustração de Mauricio Fahd e direção de arte de Filipe Cartaxo.

Alto da Maravilha” conta ainda com as participações de Djalma Corrêa e Karina Buhr em “Olhar Pidão” e de Gilberto Gil em “Mirê Mirê”, música lançada como single.

A parceria musical entre Russo Passapusso e Antônio Carlos e Jocafi começou a gerar frutos concretos a partir de 2019, quando a dupla participou do álbum “O futuro não demora”, do BaianaSystem, como co-autores e intérpretes de “Água” e “Salve”. Depois veio o single “Miçanga“, em 2020.

“O ‘Alto da Maravilha’ revela nas grandezas da música brasileira um eterno renascimento, além de ser uma grande homenagem a todas as pessoas que compõem canções nesse Brasil. São músicas para unir gerações e realizar sonhos que fortalecem a nossa cultura”, afirma Russo Passapusso.

A influência de ritmos africanos presente nas canções de Antônio Carlos e Jocafi sempre fizeram a cabeça do vocalista e compositor do BaianaSystem, que tem nos artistas uma de suas maiores influências musicais.  O novo álbum, com 12 faixas inéditas compostas a distância durante a pandemia e que já vem sendo “ensaiado” há anos, vem concretizar a parceria, amizade e afinidade musical.

Alto da Maravilha’ é a síntese da união musical entre o nosso afrofunk e o afrobeat, com a poderosa e potente atmosfera ancestral e afrofuturista de Russo Passapusso. É um grande orgulho para nós este projeto e, assim esperamos, o primeiro de muitos. O Russo também nos levou a conhecer esses meninos: Curumin, Zé Nigro e Lucas. Essa turma é muito competente, moderna, amigos, unidos. Tudo o que você precisa num músico, eles têm, e é uma alegria fazer parte deste grupo agora”, afirma Antônio Carlos.

Sobre DJ Nyack

Considerado um dos DJs mais requintados da cena contemporânea, o artista se vê na função de se educar musicalmente para compartilhar tudo aquilo que a música e a cultura hip hop oferecem, repassando  conhecimento adiante por meio das suas pesquisas.  Com uma carreira que teve início em 2003, Nyack dispensou atalhos e fórmulas pré estabelecidas. “A minha essência musical faz com que eu transite e converse com diversos públicos”, ele conta.

Ao lado do rapper Emicida, com quem toca nos shows desde 2007, o DJ pôde ampliar não apenas a rede de contatos, mas também o seu campo de pesquisa (e a sua coleção de vinis, já que ele aproveita as viagens para garimpar preciosidades para o seu catálogo).

Os momentos marcantes da sua trajetória revelam Nyack como um artista de talentos múltiplos. Ele idealizou o lançamento em vinil de álbuns importantes, como Samba Raro, de Max de Castro, em 2013; e Bambas & Biritas Vol. 1, do produtor BiD, em 2015. Ambos foram feitos em parceria com o selo Brasilis Grooves. O DJ também esteve à frente do “Remixtape Emicida”, um projeto que revisita 15 faixas das mixtapes “Pra Quem Já Mordeu Um Cachorro Por Comida Até Que Eu Cheguei Longe” e “Emicidio”.

Criou o podcast Frequência Modulada e acompanhou o rapper americano Illa J nas apresentações que fez pelo Brasil. Nyack viu os convites para abrir shows de nomes internacionais se multiplicarem. Ele foi responsável pela abertura de Esperanza Spalding, Mayer Hawthorne, The Internet, Robert Glasper, Lauryn Hill e Erykah Badu, por exemplo. E passou a ser chamado para participar de curadorias, entre elas a da residência musical Red Bull Music Pulso e a do edital Natura Musical – ambos em 2019.

De 2019 pra cá, todos os principais shows internacionais que aconteceram no Brasil, como Kaytranada, The Internet, Kamasi Washington, Masego e os dois shows da Erykah Badu (SP e RJ), tiveram Nyack na abertura, reafirmando a importância não só do segmento, mas do nome. Nyack é um nome potente na cena.

SERVIÇO

Russo Passapusso e Antônio Carlos & Jocafi | Alto da Maravilha

Discotecagem: DJ Nyack

Data: 25 e 26.05 – quinta e sexta

Horário: 

Show quinta – 21h30

Show sexta – 23h

Abertura da Casa quinta: 20h

Abertura da Casa sexta: 21h30

Classificação: 16 anos

Casa Natura Musical Rua Artur de Azevedo 2134 – Pinheiros, São Paulo

INGRESSOS – Valores

Pista em pé – Lote 1: R$ 70,00/R$ 35,00 (meia-entrada)
Pista em pé – Lote 2: R$ 90,00/R$ 45,00 (meia-entrada)
Pista em pé – Lote 3: R$ 100,00/R$ 50,00 (meia-entrada)
Pista em pé – Lote 4: R$ 120,00/R$ 60,00 (meia-entrada)
Bistrô Superior: 
R$ 150,00/R$ 75,00 (meia-entrada)
Camarote: R$ 190,00/R$ 95,00 (meia-entrada)

ATENÇÃO: SUJEITO À VIRADA DE LOTE SEM AVISO PRÉVIO

Confira aqui as regras da meia entrada: bileto.sympla.com.br/meia-entrada

BILHETERIA OFICIAL – SEM COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA

Dias de show:

Quarta 17h até início do show
Quinta, sexta e sábado 17h até início do show
Domingo 15h até início do show

Dias sem show:
Quarta a sexta 12h até 17h
Sábado e domingo fechado

FORMAS DE PAGAMENTO

Na bilheteria da Casa:

  • Dinheiro
  • Cartões débito e crédito à vista – não aceitamos parcelamento.  (Mastercard, Visa, Elo, American Express, Diners Club e Hipercard)
  • Por enquanto não aceitamos Vale Cultura.

Pelo site da Sympla:

  • Boleto
  • Cartão de crédito (Mastercard, Visa, Elo, American Express, Diners Club e Hipercard)
  • Apple Pay
  • Pix
  • Para mais informações acesse o site da Sympla.

Estacionamento Conveniado: 

Car Park – Rua Cunha Gago, 83 – Pinheiros (entrada pela Artur de Azevedo, ao lado da Casa).

Nos encontramos na música!

aconteceu no evento

resumo

galeria de fotos

próximos eventos

21.04
26.04
27.04
28.04
Assine a nossa newsletter