Zé Ibarra

show adiado: data alterada de 05.05 para 18.08
18.08 | sexta-feira

sobre o evento

Os versos de “Itamonte” representam a infância de Ibarra. Mais ainda: a sua paixão pela música. Aos três anos de idade, o multi-instrumentista, compositor, cantor, arranjador e produtor musical tinha o costume de passar os seus dias ao lado dos riachos entre as montanhas e os vales do município mineiro de Itamonte. A sua curtição era escutar “a música do riacho”. “Era um prazer físico”, em sua palavras. Não demorou muito para Ibarra produzir os seus próprios sons.

Primeiro na bateria, depois, no violão e no piano. Finalmente, a voz: “a voz para encarnar a canção, a voz que chega e toca”.

Ibarra, acima de tudo, é um artesão da música pop. Com a Dônica, lançou seu primeiro álbum, “Continuidade dos parques” (2015), o disco faturou o Prêmio da Música Brasileira de artista revelação em 2015, em cima do palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

O músico tinha apenas 17 anos quando lançou “Continuidade dos Parques” na abertura do Rock in Rio 2015, ao lado de Arthur Verocai. E 18, quando pisou no palco do Lollapalooza. A partir daí, não faltaram shows nos maiores festivais de música do país. Em novembro de 2022, “SIM SIM SIM”, álbum de estreia do Bala Desejo, faturou o Grammy Latino na categoria “Melhor álbum pop em português”. Nada mais merecido. Para celebrar, a banda fez diversos shows pelo Brasil e também pela Europa, contando com a recepção calorosa dos fãs.

Ibarra continua trazendo a responsabilidade para si com o seu mais recente projeto — no qual atua como compositor, produtor musical e arranjador —, o coletivo Bala Desejo, que surgiu através de uma “live” despretensiosa em tempos pandêmicos. De início, a ideia era fazer uma espécie de radiografia do mundo e, a partir daí, sugerir uma resposta possível; o desejo de entregar algo que servisse de alento, que tocasse no sublime. Mas o tempo mostrou que não era por aí. Aquelas canções deveriam estar ligadas ao corpo, à dança, ao contato físico. “Um disco para pular, dançar e dar beijo na boca”, como bem resume o músico. “Esses projetos são meus amores, eu sou essas bandas”, diz. O Grammy Latino comprovou que o projeto deu mais do que certo.

O artista também foi convidado para participar da turnê “Clube da Esquina”, ao lado de seu ídolo Milton Nascimento. A turnê foi um sucesso. Rodou Brasil, Estados Unidos e Europa com ingressos esgotados para todas as apresentações. A última, no estádio do Mineirão, contou com uma plateia de 65 mil pessoas. Ibarra fez o show de abertura em todas as datas, mostrando composições próprias e, eventualmente, de terceiros. Ele também tocou com Caetano Veloso, Duda Beat, Gal Costa e Ney Matogrosso. Quando Gal estava comemorando 75 anos, decidiu fazer um álbum de duetos (“Nenhuma dor”) e convidou Ibarra para participar.

Em 2023, Ibarra vai lançar o projeto “Marquês 256”, com oito músicas gravadas, apenas com voz e violão, na escada do prédio onde mora a sua avó. “É um rito de passagem. Registrei canções que já cantava há algum tempo e precisava dar um destino a elas”, diz. O projeto será lançado pela Coala Records, e terá direito a um vídeo. Além disso, ele começa a gravar um álbum solo em março. E como o show não pode parar, Ibarra não deixará de nos brindar nos palcos da vida — solo, com o Bala Desejo ou de qualquer outra forma que a sua imaginação permitir.

SERVIÇO

 Ibarra

Data: 18.08 – sexta

Horário: 

Show – 22h

Abertura da Casa: 20h30

Classificação: 16 anos

Casa Natura Musical Rua Artur de Azevedo 2134 – Pinheiros, São Paulo

INGRESSOS – Valores

Pista em pé – Lote 1: R$ 60,00/R$ 30,00 (meia-entrada)
Pista em pé – Lote 2: R$ 70,00/R$ 35,00 (meia-entrada)
Pista em pé – Lote 3: R$ 80,00/R$ 40,00 (meia-entrada)
Pista em pé – Lote 4: R$ 100,00/R$ 50,00 (meia-entrada)
Bistrô Superior: 
R$ 120,00/R$ 60,00 (meia-entrada)
Camarote: R$ 150,00/R$ 75,00 (meia-entrada)

ATENÇÃO: SUJEITO À VIRADA DE LOTE SEM AVISO PRÉVIO

Confira aqui as regras da meia entrada: bileto.sympla.com.br/meia-entrada

BILHETERIA OFICIAL – SEM COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA

Dias de show:

Quarta 17h até início do show
Quinta, sexta e sábado 17h até início do show
Domingo 15h até início do show

Dias sem show:
Quarta a sexta 12h até 17h
Sábado e domingo fechado

FORMAS DE PAGAMENTO

Na bilheteria da Casa:

  • Dinheiro
  • Cartões débito e crédito à vista – não aceitamos parcelamento.  (Mastercard, Visa, Elo, American Express, Diners Club e Hipercard)
  • Por enquanto não aceitamos Vale Cultura.

Pelo site da Sympla:

  • Boleto
  • Cartão de crédito (Mastercard, Visa, Elo, American Express, Diners Club e Hipercard)
  • Apple Pay
  • Pix
  • Para mais informações acesse o site da Sympla.

Estacionamento Conveniado: 

Car Park – Rua Cunha Gago, 83 – Pinheiros (entrada pela Artur de Azevedo, ao lado da Casa).

Nos encontramos na música!

aconteceu no evento

resumo

galeria de fotos

próximos eventos

02.12
09.12
Parts. Johnny Hooker, Bixarte e Bruno Gadiol
10.12
dia nacional do forró
16.12
letrux como mulher girafa
Assine a nossa newsletter