fbpx

Vogue e Cultura Ballroom: Já Viu? (vídeo)

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Talvez você já tenha ouvido falar na dança vogue por causa da música de mesmo nome que a Madonna lançou nos anos 1990, com um clipe icônico e uma apresentação no VMA que entrou pra história da premiação americana. Apesar de a diva do pop ter “apresentado” o Vogue para o grande público, a dança já existia muito antes da canção da norte-americana e é apenas um dos elementos de um universo muito maior: a cultura ballroom.

Mais que festa ou dança, a cultura ballroom é um movimento político e artístico que nasceu nos anos 1960 no Harlem, na periferia de Nova York. A comunidade LGBTQIA negra e latina que vivia nessa região começou a se reunir em bailes próprios, as balls, com competições de beleza e de voguing, criando espaços acolhedores na noite nova iorquina para essas pessoas.

No primeiro episódio da série Já Viu? Vogue e Cultura Ballroom, a gente entrevistou membres da comunidade ballroom brasileira sobre a história da cultura, sobre como funcionam as balls, as categorias e os tipos de voguing.

Assista:

No segundo episódio da série Já Viu? Vogue e Cultura Ballroom, a Casa Natura Musical entrevistou 12 membres de diferentes houses da comunidade ballroom espalhadas pelas cinco regiões do Brasil, do Ceará ao Rio Grande do Sul, do Pará ao Rio de Janeiro, para entender como essa cultura se constrói nas particularidades do nosso território.

Assista:

Criação: Beatriz Moura e Lucas Hirai

Montagem e finalização: Lucas Hirai

Roteiro e entrevistas: Beatriz Moura

Consultoria e curadoria: Flip Couto e Félix Pimenta

Animação: Oscar Nunes

Realização: Casa Natura Musical

+ comunicado importante

A hora do reencontro tá chegando! 🧡 Para que o nosso retorno aconteça da maneira mais segura possível, vamos precisar da colaboração de cada um de vocês. Somente com muito cuidado e responsabilidade coletiva, poderemos voltar a nos encontrar na música.

Venha pra Casa com seu comprovante de vacina atualizado e de máscara PFF2, N95 ou cirúrgica. Se estiver com sintomas, ainda que leves, perto da data do show, deixe pra vir nos visitar outro dia.

Seguindo as recomendações das autoridades de saúde, montamos um guia com os principais protocolos que usaremos para receber vocês nos shows na Casa a partir de 2 de fevereiro.

👉 PROTOCOLOS

1º) Comprovante de vacinação atualizado com no mínimo duas doses


Pode ser físico ou virtual. O importante é que esteja em dia. Se atente à data da sua 3ª dose no site www.vacinaja.sp.gov.br ou no canal de comunicação da prefeitura da sua cidade.

2º) Uso de máscara durante a permanência na Casa

Obrigatório. E a entrada só será permitida com máscaras N-95/PFF2 sem filtro ou máscaras cirúrgicas. Máscaras de pano, de plástico, bandanas e outros adereços semelhantes não serão aceitos.

*Importante: Por sermos um local majoritariamente fechado, a retirada da máscara só será permitida para o consumo pontual de bebidas. Não haverá comidinhas na Casa.

3º) Lotação reduzida

Estamos disponibilizando menos ingressos à venda, para aumentar o distanciamento social e garantir uma noite mais segura.

4°) Artistas e equipes previamente testades

E toda a equipe trabalhará com máscaras N-95/PFF2, com exceção des artistas que estarão se apresentando.

5°) Circulação reduzida nos bastidores

Somente as equipes autorizadas poderão circular nos bastidores da Casa.

Não se preocupe: Haverá pessoas instruindo e fiscalizando os protocolos durante a sua permanência na Casa.

Importante: Se você tiver ingresso e apresentar sintomas de COVID-19, ainda que leves, ou tiver tido contato recente com alguém que testou positivo próximo à data do show, orientamos a não comparecer e a contatar o nosso atendimento via e-mail para mais informações.

Cuidem-se!